how to stream super bowl 2021

Empatia zero
Empatia zero

   Em todas as profissões há bons e maus profissionais e também há bons e maus seres humanos.

    Na medicina veterinária, que conta com mais de 100 mil inscritos junto ao Conselho Federal da profissão não seria diferente. Em uma demonstração inequívoca de falta de empatia e de desrespeito ao Programa Nacional de Imunização, parte integrante da saúde pública, que tem a participação direta e indireta de vários médicos veterinários sérios e competentes em todo o país, a médica veterinária Jussara Sonner “furou a fila da vacina” contra COVID 19 para tomar a TERCEIRA DOSE, desta vez da farmacêutica Jansen (já havia sido imunizada com duas doses da CoronaVac em fevereiro e março deste ano).

   Não contente com seu ato de afronta a legislação, a profissional ainda foi nas redes sociais para criticar o Sistema Público de Saúde: “Fui em um bairro meio que de favela em Guarulhos, onde não havia computadores para verificação online. Uma sorte! Anotaram meus dados numa folha timbrada. Quando cair no sistema será tarde demais”, debochou a profissional que maculou a imagem da medicina veterinária.

   O caso ocorreu em Guarulhos, no estado de São Paulo e já está sendo investigado pelo Ministério Público. Segundo o MPSP o caso foi informado pelo portal “Fura fila da vacina” já tendo sido encaminhado à promotoria de justiça para averiguação dos fatos.

   Após a repercussão extremamente negativa, a médica veterinária apagou seus perfis em redes sociais e não tem respondido às tentativas de contato de veículos de comunicação. No Linkedin que continua ativo, mas trancado para mensagens, pode-se verificar que a médica veterinária defende vacinas importadas e tratamento a base de cannabidiol (presente na maconha) para cães e gatos e se intitula de espectro político de direita, já tendo publicado posts contra a vacinação.

Infelizmente no Brasil, segundo país com mais mortes por COVID 19 no mundo, que até ontem havia atingido apenas 13% de imunização completa (duas doses ou uma a depender do fabricante da vacina) ainda tem que conviver com cidadãs que se portem como o péssimo exemplo da médica veterinária Jussara Sonner. Uma vergonha a empatia zero desta profissional da saúde!

 

 

topo